Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dois Traços

Dois Traços

17
Jun17

# 16 - Fusão natural

doistracos

   Com todas as preocupações ambientais que ultimamente se tornam cada vez mais uma prioridade para os governantes de mundo e as suas sociedades, é preciso aplaudir quem aplica as mesmas em projetos reais e amigos do ambiente. Um projeto nacional e outro internacional, mostram-nos que a sustentabilidade não precisa de ser feia e corriqueira, muito pelo contrário, pode ser bonita e criativa. Pensar no futuro, fazendo mais no presente.

 

collage1.jpg

 

   A criatividade e sustentabilidade são linhas condutoras no Hotel Rio do Prado, situado no Arelho, junto à lagoa de Óbidos. O cariz ecológico do espaço é palpável, seja nas 15 suites cobertas de plantas, seja no constante reaproveitamento de águas, resíduos, eletricidade, etc. Aqui não se trata apenas de cama e comida, trata-se de pensar sustentável em cada ação que se toma, seja por parte da equipa de trabalho ou pelos seus hóspedes.

 

   Uma equipa de três pessoas desenvolve peças a partir de desperdícios de obra do hotel e de outras obras na região. Espreguiçadeiras, mesas ou molduras, são algumas das cirações patentes nas divisões e que os clientes podem adquirir no Ecolab. O Ecolab é uma incobadora de ideias que futuramente irá receber trabalhos de outros eco designers.

 

   O restaurante Maria Batata e a mercearia, apenas utilizam produtos biológicos, plantados pelo Rio do Prado num hectare reservado para o efeito. Este espaço turístico destaca-se a nível regional e nacional, pois o conceito é pouco aplicado pela classe hoteleira, e merece louvor pela reduzida pegada ecológica no ecosistema em que está inserido.

 

collage2.jpg

 

   A Villa Aloni, nas ilhas gregas Cíclades, funde-se com a sua envolvente criando um espaço incomum. Inserida numa zona costeira, entre duas colinas, reutilizou paredes de pedra anteriormente inseridas na paisagem para contenção de terras no local. Com vista para o mar, denuncia a sua presença com pátios "recortados" no topo delimitando as divisões interiores.

 

   As fachadas de pedra tornam toda a estrutura muito rústica e suave, deixando assim os destaques para o interior. As divisões interiores são banhadas de luz através dos pátios, que pretendem também proteger o interior dos elementos exteriores aquando de condições metereológicas mais adversas. Em toda a propriedade existe atividade agrícula incluindo no telhado, o que torna a fusão de edifício e natureza ainda mais vincada.

 

   Este projeto teve como objetivo criar espaço turístico sem ferir a paisagem envolvente, não pretendia destaque pelo que se limitou a adaptar-se à "estrutura" apresentada e dando continuidade à atividade agrícula.

Blog de Design

Sobre mim...

Quero partilhar convosco ideias, tendências, inspirações e esta minha paixão, que me permite crescer todos os dias com a certeza de que amo o que faço. O design não é apenas o que se vê, é a forma como nos faz sentir, é um pensamento transformado numa coisa visível e palpável.

Facebook

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D